O Uso de Blocos em Concreto para Edifícios

Desde o final de 2016, o uso de blocos em concreto para edifícios ganhou nova regulamentação pela ABNT. Novos parâmetros foram criados no que diz respeito à altura dos edifícios onde são utilizados o sistema de blocos de concreto. A alvenaria estrutural ganhou mais segurança a partir de tal revisão.

A utilização de blocos de concreto para edifícios tem sido cada vez mais procurada como alternativa a métodos mais convencionais, antigos. A utilização de blocos de concreto constitui um método rápido, fácil e econômico. Atualmente, no Brasil, cada vez mais blocos de concreto vêm se firmando como um dos principais sistemas, quando se considera as diferentes tipologias possíveis quando se constrói através dele.

O uso de blocos de concreto em edifícios é pioneiro no Brasil, tendo começado em 1966 e, portanto, contando com um grande número de técnicos e empresas especializadas em blocos de concreto. Há no Brasil hoje uma grande quantidade de indústrias que produzem blocos de concreto adequados para a alvenaria (assim como nos Estados Unidos). Isso faz com que o custo seja reduzido, uma vez que estes blocos de concreto são produzidos em território nacional, o que gera maior interesse comercial. Blocos de concreto podem ser estruturais, quando são produzidos de forma a garantir resistências mecânicas à compressão por meio de processo de vibroprensagem com cura úmida. Suas faces são planas e uniformes, e possuem acabamento superior.

Tais características faz com que seja necessária uma quantidade menor de argamassa. Por outro lado, possuem áreas de face muito grande e peso elevado, o que dificulta o manuseio. Já o bloco comum para vedação é aquele utilizado para aplicações que exigem baixa ou nenhuma capacidade de portante, como muros divisórios de edificações ou alvenaria de vedação com suporte em estrutura de concreto armado. Geralmente é mais poroso e possui acabamento de menor qualidade e possui área de face tão grande quanto o estrutural.

Já os blocos para pavimentação apresentam modularidade, bem como a redução ou facilitação da manutenção e podem ser reaproveitados. Caso sejam utilizados blocos de concreto na construção de edifícios, devem ser observadas as seguintes normas da ABNT: NBR 6136:2016, NBR 16522:2016, NBR 15961-1:2011, 15961-2:2011.

 

Confira também:

Cálculo Estrutural
Projeto Estrutural
Reforço Estrutural
Laudo Estrutural

 

Contato Projetos Estruturais

Estrutura de Concreto Armado